Notícias

Comissão presidida por Lobão aprova Raquel Dodge para PGR

Presidida pelo senador Edison Lobão, a Comissão de Constituição e Justiça aprovou, por unanimidade, o nome de Raquel Dodge para a Procuradoria-Geral da República (PGR). Será a primeira mulher a exercer o cargo. A atual subprocuradora-geral sucederá Rodrigo Janot, cujo mandato termina em 17 de setembro. Após a apreciação na CCJ, a indicação foi confirmada pelo plenário do Senado Federal.

 

Durante a sabatina na CCJ, Raquel Dodge disse que pautará seu mandato por uma diretriz: “Ninguém acima da lei, ninguém abaixo da lei.” Em vários momentos, ela reiterou seu compromisso com a manutenção dos instrumentos que permitem ao Ministério Público combater a corrupção, como a colaboração premiada, mas ressalvou que eventuais abusos devem ser coibidos pelo próprio Judiciário, com os “freios e controles” do regime democrático.

 

Iniciada pontualmente às 10h, a sabatina durou mais de sete horas, conforme previsão inicial do presidente Edison Lobão, de “sete a dez horas” de audiência.

 

O presidente da CCJ elogiou a postura de Raquel Dodge e disse que ela deverá exercer suas funções com equilíbrio. “A Dra Raquel demonstrou competência e conhecimento jurídico nesta sabatina. Ela respondeu tudo prontamente, de improviso e bem. Ela demonstrou que está à altura do cargo relevante que haverá de exercer”, declarou Lobão.

 

*Com informações da Agência Senado Federal